sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Nordschleife, mit L.O.

Diz o L.O.:


"Diplomatas, muito boa tarde.

Falando em números, consegui dar mais 4 voltas no santuário de Nürburgring no último Domingo, acumulando 12 voltas, e em torno de 260 km (sendo 8 voltas no Nordschleife de 20,3 km e 4 voltas no “VLN Circuit” de 24,4 km, que é o Nordschleife + Sprintstrecke); mas desta vez, dei 4 voltas no “melado”... É phoda... Mesmo... 

E mais do que a gente imagina... Ainda mais depois de uma corrida de longa duração no Sábado...

No Domingo cheguei cedo... Às 8h40 já estava abrindo a cancela... Num dia bem “xarope” com aquela garoa que pára e continua e só em alguns pontos do circuito. Mas, pra variar, foi bom pá caray!

  

Na última volta, numa das curvas que não me lembro o nome (depois da Adenauer Forst), me deparei com um M3 azul porrado de acordo...



Provavelmente atrasou muito a freada no liso, e deu de nariz no guard-rail... Foi parar só na próxima curva... Puta dó...

Depois que andei, a chuva diminuiu, o sol deu as caras, e desceu um mundo de gente e carros por lá... Carros fortes originais e modificados (e não Fiestas 1,25 como o “meu”...); aquele lugar é ótimo de qualquer jeito! Podem acreditar...


Abraço!

L.O."


Digo eu:

O melhor jeito de se ambientar a uma pista nova é esse que o L.O. usa, que é o método NEMM (não é meu mesmo) de pilotagem. Só desse jeito a gente atrasa freada sem ter taquicardia.