segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Pilotagem, mas do jeito certo

Pouco toco no assunto pilotagem mas já falei sobre isso aqui, aqui e aqui. Já disse que basicamente pilotagem é um exercício isométrico de repetição que envolve concentração máxima.

Todo mundo acha excitante guiar rápido mas na verdade é uma coisa chata, até. Repetem-se os mesmos movimentos volta após volta. Usa-se os mesmos pontos de referência, freia-se no mesmo lugar, troca-se de marcha nas mesmas condições sempre.

O único instrumento capaz de dedurar qualquer pequena variação de ponto de troca de marcha, tangência, reaceleração e frenagem é o cronômetro. Quando o sujeito que pilota está num estágio avançado, claro.

A atividade mais próxima da pilotagem esportiva em autódromo é a (ou o) yoga, creio.

Quando escrevi o primeiro dos textos mencionados acima não me preocupei em procurar um bom video para ilustrar. Mas o incansável L.O. acaba de me mandar o link deste aqui:


Umas poucas voltas numa pistinha bem travada, que não deixa o piloto quieto por mais que uns poucos segundos. O cara é caprichoso, pra dizer o mínimo.