terça-feira, 14 de maio de 2013

Farofa, pneus e pitstops

"Fóóóóóórmula Um!"

Sempre achei bacana a entonação que o Cid Moreira usava pra destacar os assuntos no global Jornal Nacional. Especialmente quando era F1, o tema.

Nessa época eu ainda gostava de carros de corrida na proporção inversa ao business gerado por eles. Isso permanece, mas mudou o rate. O business torna a disputa na pista cada vez mais artificial. Aliás, qualquer interferência externa torna artificial a disputa na pista.

De todo modo, a choradeira da moda é o desempenho pífio dos pneus Pirelli. Como o que vale "pro curriculo" sempre é o último desempenho/resultado na pista, todas as memórias, pen drives e chips da Tim (Claro, Oi e Vivo também, por que não?) estão carregadas com imagens parecidas com esta aqui:


O tempero sempre mutante dessa relação entre carro de corrida e business foi bem sacado pelo Beegola, aka Wagner Gonzalez, nesse texto aqui.