segunda-feira, 7 de maio de 2012

Pancas, Piquet e Pataquadas


Tooodo mundo comemorando os 20 anos da mega panca que o Nelson Piquet deu em Indy. Foi feio. De bico no muro e bem rápido Tem foto do casco dele quase tocando a parede, até. Moeu tudo. Infelizmente.

O melhor texto sobre esse fato é do Flavio Gomes. Vão lá ler.

Até escreví uma resposta mas não apertei "publicar comentário". Deixei pra botar aqui.

Alá:

Na boa, véi (he he he... odeio isso): data de acidente a gente não comemora nem celebra. A gente quer é esquecer. Depois de fazer knock knock knock on heaven´s door por conta de duas mega pancas que me roubaram 2 cm de altura, 35% da mobilidade do corpo e parte da minha sanidade mental (impossível de mensurar, isso), me dei o direito de só ler o título e rir muito.

Mas funciona assim mesmo. A gente acaba se acostumando à vida de sequelado. Dor vira rotina. E dependendo da sequela dá até pra continuar pilotando, que foi o meu caso. E se não desse, bastava reaprender como com o Alessandro Zanardi.

Ah, sim. A foto lá de cima é de propósito.