segunda-feira, 2 de julho de 2012

Decavê

Eu não sabia disso e provavelmente vão cair matando por conta da minha ignorância. Mas é que DKW não é (não era, vai) o carro brasileiro véio que eu gosto mais. Nem tivemos em casa, que eu me lembre, mais do que um DKW. E nem era o feito no Brasil o fumacento que ocupava a vaga hoje pertencente ao meu Puma.

Mas tem uma revenda DKW em São Leopoldo no Rio Grande do Sul que tem peças novas, produzidas hoje, pro carrinho.

Demais, isso.

(Favor abstrair a trilha sonora)

Mas tem um item que eles não tem e eu tenho. A réplica do emblema DKW.