sexta-feira, 23 de setembro de 2011

CG! Agora foi!

Flavio Gomes costuma dizer que quem tem amigo não morre pagão. Eu não sou lá muito católico mas tenho provas de que isso é verdade.

Uma série de pequenas coincidências me levou a acreditar firmemente nisso. A última foi por conta da desmontagem da CGzinha. O motor não queria sair de jeito nenhum do quadro, mesmo com todos os prisioneiros soltos.

Numa conversa telefônica por outro motivo com o Robson Prudente (um PUTA restaurador de motos. Mais adiante, nessa série de posts sobre a CGzinha, eu posto o endereço do blog dele. E já adianto que é de babar) surgiu o tema Formula Honda e lhe disse que o motor estava pivotando pela altura do prisioneiro traseiro inferior, sem dar sinal de querer se soltar do quadro. Ele me disse pra subir o motor outra vez, recolocar o prisioneiro do cabeçote e forçar a parte de trás do motor.

Dito e feito.

Motor no chão.

Alá o resultado final da desmontagem:


Não dá pra ver direito aí no meio da bagunça mas eu ganhei uma roda dianteira raiada e com cubo pra freio a lona. 

É verdade que quem tem amigo não morre pagão.

A CGzinha não parava em pé sem tombar para os lados e achei isso muito esquisito. Durante a desmontagem me deparei com essa gambiarra:


Ela estava instalada na parte de baixo dos amortecedores. Faziam o link entre eles e o quadro e elevavam a traseira da moto em uns 3 centímetros.

Gostaria muito de saber o que leva um "cerumano" a fazer uma merda dessa.