terça-feira, 27 de setembro de 2011

Kart! KART!

Bom, eu me ferrei neste ano. No ano passado me aproveitei de uma brecha no regulamento e conseguí ser campeão num dos torneios da Amika. Neste ano fui desclassificado de uma das primeiras provas e agora, no finalzinho do campeonato, machuquei seriamente meu ombro esquerdo o que me impediu de sentar num kart mesmo pra passear (tentei e não deu certo - dói demais). Mas a brecha é o maldito play off. Isso é injusto com quem tá no campeonato desde o começo porque pode chegar um cara como eu, caindo de paraquedas nas provas finais, com as mesmas chances dos demais.

Minha opinião apenas.

Mas, não vim aqui pra falar de mim. A vez agora é dos meus novos amigos, André Mansano e Witold Phellip. Ambos novinhos, com muuuuita sede de acelerar e ganhar corridas e extremamente "boas gentes". Os dois.

Como abandonei a última etapa do Motorpremium por causa da maldita dor no ombro, pude ver o emocionante pega entre os dois. O Witold fez a parte dele, ganhando a corrida e fazendo a melhor volta. E o André também fez a parte dele, chegando bem perto, em segundo lugar, e levando o caneco por um ponto (se não me engano).

Apesar da minha fama de maldito dentro da pista (só a fama, na verdade, porque corro pra me divertir e não pra esquentar a cabeça), é muito legal disputar posição com eles quando tive a sorte de ter kart suficientemente bom pra isso.

Eles guiam bem. Eles guiam BEM!

Então boto essa foto aqui, onde fizemos 1, 2 e 3 numa das corridas do Motorpremium. Esse nível de camaradagem não é mais tão comum hoje em categorias boas de mídia.

Da esquerda pra direita, André, eu e Witold

E olha que cada um de nós tem pegada bem diferente um do outro.

(O André fez um post bacana e diferente no blog dele. Tá aquí, ó!)