sábado, 22 de outubro de 2011

CG!

Apesar da ressaca monstruosa depois da festa de ontem, prosseguimos na modelagem da capa do tanque da CGFR (CG cafe racer). Tá quase pronto pra laminar a capa em fibra-de-vidro:


Olhando de cima ficou uma graça:


Clay é um material muito bom de se trabalhar. Quente, é facilmente moldável com os dedos. Frio, aceita bem ser trabalhado com lâminas de aço. Tentei usar espátula de nylon mas não deu certo. Praticamente qualquer ferramenta que se assemelhe a uma lâmina de aço, como faca, régua, estilete, colher ou o que for funciona bem pra modelar este material. Vai da imaginação de cada um obter o formato mais adequado pra fazer curvas e reentrâncias.

Por conta da modelagem do tanque atrasamos o alinhamento e jateamento do quadro e da balança traseira. Mas como não temos prazo (apesar de eu estar com MUITA vontade de andar com essa motocicletinha), não tem motivo pra preocupação.

E por falar em modelagem...


...essa foto dá idéia de como se aplica clay. É com o dedo mesmo. A gente vai preenchendo os espaços entre os pontos de referência e raspando o excesso com uma lâmina. É relativamente fácil fazer a metade espelhada do outro lado tendo pontos de referência. Quase não é necessária nenhuma medição.

O que escapa da minha visão, sempre focada no que estou fazendo, o Everton enxerga e já avisa onde devo tirar ou botar clay.